Como Controlar a Diabetes → Controle a Diabetes TIPO 1 ou TIPO 2

Mariana Blog Diabetes

Olá! Espero que este post seja útil para você. 🙂
.


Novidade Rápida: 
aplicacao inde insulina para glicose alta

Recentemente foi lançado o programa alimentício Diabetes Controlada, que tem como objetivo estabilizar o açúcar no sangue de pessoas diabéticas sem o uso de medicamentos. Para as pessoas que tomam medicamentos diariamente, o objetivo é diminui-los de 80 até 100%, dependendo do tipo de diabetes.

Tendo como objetivo a saúde e a medicação natural, o programa Diabetes Controlada já teve sucesso ajudando mais de 38 Mil pessoas no Brasil a prevenir, controlar e reverter a diabetes. Para conhecer e verificar a disponibilidade, basta clicar no botão + Saúde abaixo.

botao glicose alta


Aqui estão os tópicos do que vou escrever hoje:

como controlar a diabetes imagem o que é

A diabetes mellitus é uma doença causada pela insuficiência do pâncreas em produzir hormônio suficiente para controle do açúcar no sangue. A diferença entre a diabetes tipo 1 e a diabetes tipo 2 é que na tipo 1 a doença é diagnosticada durante a infância devido a um problema congênito no Pâncreas, enquanto a diabetes tipo 2 é um problema que é causado no órgão após certa idade devido a má alimentação e falta de exercícios físicos. Tanto no tipo 1 quanto no tipo 2 o vilão é o açúcar, que devemos tomar diversas medidas para controlar. Então, como controlar o açúcar de forma eficiente? Vamos conversar sobre isso aqui.

Do que se trata o controle da diabetes?

do que se trata controlar a diabetes

O que é o controle do Tipo 1 de Diabetes

Na diabetes do tipo 1, por ser um problema congênito, existe uma falha no trabalho do pâncreas que exige ao paciente fazer o tratamento com insulinoterapia diariamente, várias vezes ao dia, de forma a tentar imitar ao máximo o fornecimento de insulina do órgão quando em bom funcionamento. As vezes o órgão não funciona nada e as vezes funciona um pouco, cada caso é um caso.

Muitas vezes, para não dizer diariamente, diabéticos tipo 1 na tentativa de suprir o corpo de insulina, acabam por diminuir demais o açúcar do sangue, o que gera as chamadas Hipoglicemias ou Falta de açúcar. Então, para diabéticos tipo 1, o controle da diabetes significa conseguir manter a taxa de açúcar no sangue na medida correta, lutando contra dois vilões, a hiperglicemia e a hipoglicemia, taxa de açúcar muito alta e muito baixa. O ideal para seria entre 70 e 130 aproximadamente.

O que é o controle do tipo 2 de diabetes

Já em pessoas diabéticas tipo 2, o Pâncreas ainda funciona! 😃 Pelo menos, funciona melhor do que em diabéticos do tipo 1. O que acontece é que a pessoa com diabetes tipo 2 passou por um grande período onde descuidou do corpo de qualquer uma das formas seguintes ou várias delas ao mesmo tempo:

  • Má alimentação
  • Falta de exercícios físicos
  • Ingestão de álcool
  • Tabaco
  • Uso de drogas

O grande período em que a pessoa passa por qualquer desdes descuidos acabou fazendo com que o pâncreas não consiga mais produzir insulina suficiente para controlar os níveis de açúcar no sangue, e isso pede alguns tratamentos de correção.

Alguns diabéticos tipo 2 que desenvolvem um caso mais sério de deficiência do órgão precisam, assim como os do tipo 1, tomar injeções de insulina para baixar o nível de açúcar no sangue. Porém, a maioria dos casos de diabetes tipo 2, para não dizer 99% deles, podem ser tratados apenas com controle da alimentação e exercícios usados para queimar calorias e açúcares extras das refeições, uma vez que o pâncreas ainda funciona e pode controlar taxas pequenas de açúcar. Dessa forma, o controle da diabetes para o diabético tipo 2 é combater o vilão das hiperglicemias, ou excesso de açúcar no sangue. O ideal é manter a glicemia abaixo de 150.

– Que diabetes que nada. Manda mais um pedaço de pudim!

como controlar a diabetes comendo pudim

É muito comum pessoas com diabetes do tipo 2 viverem a vida como se não tivessem nada, nenhum tipo de doença. Isso acontece porque a diabetes tipo 2 e suas hiperglicemias podem, por um tempo, ser completamente assintomáticas. Mas, por favor, não se deixem enganar, pessoal. O açúcar em excesso solto no sangue vai, com o tempo, criando feridinhas e inflamações nos órgãos e o paciente acaba deixando para apresentar sintomas apenas nas fases de complicações da diabetes, que não são poucas.

Todo ano a diabetes mata milhões de pessoas. Mata mais do que o câncer e a aids juntos. E a grande maioria que morre, dizendo em off, porque não fiz a pesquisa mas tenho certeza! são os diabéticos do tipo 2. – Porque o diabético do tipo 1, se não se cuida, não sobrevive uma semana, para não dizer um dia. Enquanto o diabético do tipo 2 pode acabar passando anos sem sintomas e com isso achando que não precisa controlar o nível de açúcar. Quando começa a tratar é porque os sintomas estão insuportáveis e ai sua qualidade de vida já está comprometida.

Mas Mari, porque os diabéticos tipo 2 podem ter essa fase sem sintomas?

Como eu disse acima, o pâncreas da pessoa diabética do tipo 2 ainda pode funcionar o suficiente para impedir a taxa de açúcar de ir a níveis extremamente altos onde apresentaria sintomas. O pâncreas liberando pouca insulina, mantem a taxa de açúcar no sangue alta o suficiente para deteriorar o corpo, e ao mesmo tempo, baixa o suficiente para que este processo seja lento e assintomático.

Se uma pessoa com diabetes tipo 2 esta apresentando sintomas, pode ter vindo de um longo período da doença silenciosa e agora estar apresentando sintomas de suas complicações ou ter desenvolvido uma incapacidade maior no pâncreas a ponto de sentir o extremo excesso de açúcar. Para saber quais são os sintomas comuns, Clique Aqui para acessar o Post de Sintomas da Diabetes Tipo 2.

Como controlar a diabetes com Insulina

como controlar a diabetes com insulina

Após o diagnóstico de diabetes tipo 1 ou tipo 2 o médico assistente vai indicar a você se precisa ou não fazer o tratamento com insulinoterapia e quais serão as formas iniciais de teste de controle. Normalmente o início se dá com tipos de insulina mais fracos.

Existem três tipos de insulina que são as de ação rápida, intermediária e de ação lenta. Cada um dos tipos é indicado para um caso, ocasião ou emergência.

Mesmo quando um caso de diabetes precisa ser tratado com insulinoterapia é de extrema importância que se de a devida atenção a criação de uma dieta de qualidade.

Como controlar a diabetes com Dietas

como controlar a diabetes com dieta

O grande carro chefe da história dos diabéticos é a dieta. Com uma boa dieta e um bom controle da ingestão do açúcar é possível diminuir os medicamentos e viver uma vida mais saudável. Diabéticos tipo 2 que usam insulina podem até chegar a parar completamente de usar medicamentos apenas se empenhando em uma boa dieta e um pouco de exercícios físicos todos os dias.

A forma de fazer isso é diminuindo a ingestão de carboidratos simples e aumentando a ingestão de proteínas e carboidratos complexos, que ficam mais tempo no estômago e levam mais tempo para serem digeridos.

Se você ainda está em dúvida se tem ou não diabetes, empenhe-se também em fazer uma dieta moderada até que obtenha seu diagnóstico.

Como controlar a diabetes com exercícios físicos

como controlar a diabetes com exercicios

Açúcar é energia. E se queimamos energia todos os dias de forma constante, ajudamos a renovar a glicose em nosso corpo. Precisamos praticar algum tipo de esporte ou fazer algum tipo de exercício físico todos os dias de forma regular. O exercício físico ativa um receptor de nome GLUT4 em nossos músculos. Este receptor é responsável por levar o açúcar do sangue até dentro das células dos nossos músculos, o que impede que ele fique circulando solto em nosso corpo permitindo hiperglicemias e problemas mais graves.

Alguns diabéticos saem para fazer exercícios até como medicação para hiperglicemias, uma vez que depois de uma seção de uma hora se exercitando, a taxa de açúcar já pode ser notada muito inferior.

Além de servir como medicação para hiperglicemias, a prática de exercícios constantes também contribui para melhoramento da pressão arterial, diminuição das taxas de gorduras além de melhoramento nos índices de colesterol, o que previne doenças do coração e problemas nos vasos sanguíneos que são constantes em diabéticos.

Se você esta com disposição para começar a praticar exercícios físicos, deve se atentar a algumas indicações :).

  • Primeiramente procure seu endocrinologista para uma consulta básica afim de conseguir uma licença pra praticar exercícios físicos.
  • Após isso procure um instrutor de atividades físicas com conhecimento em pessoas diabéticas.
  • Beba bastante água durante os exercícios e se alimente corretamente de acordo com as instruções do seu médico assistente.

Lembrando que uma caminhadinha de manhã e uma de noite também faz bem para a saúde e não precisa de licença para ser feita, a não ser que você possua algum problema de saúde já identificado que lhe impeça.

Se  tiver qualquer dúvida, deixe um comentário.

Abraços;


Mariana Blog DiabetesSobre Mariana Milani

Olá! Meu nome é Mariana e eu sou a escritora deste blog :). Aprendi desde muito cedo a conviver com a diabetes. Trabalho como Radiologista em algumas clinicas na cidade onde moro, são paulo. Gosto de compartilhar conhecimento e aprender coisas novas. Espero que meu conteúdo esteja sendo útil para você.